segunda-feira, 24 de março de 2014

Fala bebezão

Já percebeu que a gente não passa de bebês gigantes? Pode ser uma viagem o que eu vou dizer mas vou dizer....primeiros dias de Lara, eu no hospital tentando tirar um breve cochilo com o moises dela ao lado da minha cama. De repente, desperto do sono e percebo que to dormindo igual a ela (com os bracinhos pra cima) e começo aquele velho monólogo: Será que eu to pirando? Imitando uma bebe? Depois de quatro meses de Lara percebo que nós somos apenas grandes bebês. Essencialmente eles só comem, dormem, peidam, arrotam, gritam e choram quando precisam de alguma coisa.

Eu acho graça quando ela ta fazendo força pra fazer cocô olhando pra um ponto fixo, olhos vermelhos, gemidinha e espremida básica. Vai dizer que você não faz assim? Só que em uma proporção bem maior kkkk e quando ela peida e da aquele sorrisinho?

E o choro? Nem sei contar quantas vezes já chorei de cansaço só porque queria dormir um pouco, descansar. Nossas necessidades básicas são as mesmas só muda a proporção e o fato de depender de outra pessoa pra supri-la então relaxa e para de se achar super.

Lição pra nós que não somos tudo isso que pensamos, como diz a Palavra do pó viemos e para o pó voltaremos. Simples assim.

Ps.: essa foto comprovou que eu não estava ficando louca e realmente comecei a perceber que eu dormia assim mesmo com os braços pra cima kkkkk