terça-feira, 11 de março de 2014

Mãenauta

Já imaginou ser mãe sem internet?

Na verdade já, e foi horrível! Lembro que uma das perguntas no meu chá de baby era tão difícil que minha única resposta foi: Google! É impressionante a ajuda que a internet te dá quando você entra nesse universo bebezidico, semana a semana te avisando como está sua gestação, tópicos e mais tópicos sobre sintomas na gravidez e logo depois você entra em uma nova galaxia de discussões sobre bebês.

Aí entra sites, blogs, grupos no facebook e whatsapp. No google você encontra de tudo, desde perguntas do tipo: meu bebê peida muito será que é normal?  até coisas mais complexas sobre o desenvolvimento de bebês. Lógico que você não pode ser dessas mães-super-neuróticas-que-pesquisa-tudo-que-vê, ou se for, pelo menos não leve tudo tão a sério.

Minha experiência de grupos no face tem sido muito legal, no começo participei de um grupo no whatsapp também. Foi muito bom pq as "mamães" compartilhavam o horário de mamadas noturnas e problemas comuns, nessa hora eu até me sentia melhor em saber que tinha gente pior do que eu (selfish!!). E os blogs? Caracas, eu não sabia que tinha tanto blog de mãe. Dá uma olhada aí nos que eu mais curto e me divirto. Esse site tem o endereço de muitos blogs de mães, http://minhamaequedisse.com/minha-mae-conhece-a-sua/

É isso aí, acho que nunca passei tanto tempo no facebook. Imagine você dando de mamar e sempre com o celular a mão, internet na certa hehehe. Você vai encontrar muita informação na internet e pode enlouquecer também por causa disso por isso sigo sempre o conselho: "ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom." 1 Tessalonicenses 5:21

Bjs conectados!